Pequenas empresas, grandes riscos!

Seguinte

Hoje em dia, é comum vermos startups e médias empresas que se destacam na indústria. Também existem muitas outras que estão iniciando seu negócio, as chamadas microempresas. Independentemente do tamanho ou do nível de estruturação da companhia, a segurança é primordial para garantir o sucesso de qualquer empresa.

O mundo em que vivemos atualmente é caracterizado pela rapidez com que as coisas evoluem e se desenvolvem, e isso não é diferente na cibersegurança e no ramo da tecnologia. A medida com que os avanços se dão, os cibercriminosos aperfeiçoam suas técnicas de ataque e conseguem explorar pontos fracos de empresas sem mesmo elas terem noção disso. Mesmo as corporações possuindo departamentos de TI dedicados para responder à crescente de ameaças, como o criptojacking e os ataques de ransomware, as pequenas e médias empresas (PME) muitas vezes não contam com áreas especializadas em segurança.

Sendo assim, acreditamos que a cibersegurança pode ser um desafio para aqueles que administram companhias menores, e sabemos que existem muitas etapas importantes que devem ser seguidas para reduzir as chances de que seu negócio se torne uma vítima do cibercrime. O investimento em proteção corporativa integral pode economizar tempo e dinheiro, além de assegurar a reputação do negócio. E para completar, as PMEs que gerenciam sua segurança de forma efetiva, terão uma vantagem no mundo conectado e interativo que vivemos.

Faça backup de sua informação

Na era digital, é essencial que os negócios façam do backup e da proteção de dados uma prioridade. É importante pensar que enquanto seu negócio depende da informação, seja dados de clientes, seus pedidos ou detalhes de pagamento – tudo pode ser considerado crítico. As PMEs necessitam garantir que estão fazendo o backup de sua informação e que essas cópias de segurança sejam feitas frequentemente, além de fazer que com que possam ser restauradas. O backup deveria sempre manter-se ativos no computador que possui toda a informação, de forma que o negócio possa continuar funcionando caso algo de ruim aconteça.

Além disso, se você conta com cópias de sua informação com que pode acessar rapidamente, não poderá ser extorquido mediante ataques de ransomware. Vale a pena considerar o backup na Nuvem – além de mantê-las em seu computador, pois costuma ser uma solução mais barata para as PMEs. Isso se deve porque os fornecedores de serviços na Nuvem nutrem as organizações com informação de serviços online, economizando grandes gastos em hardware.

Mantenha seu dispositivo seguro

Hoje em dia, os dispositivos móveis são uma parte essencial de qualquer negócio, com a maior quantidade de informação armazenada em tablets e smartphones. No entanto, muitas vezes os dispositivos são roubados ou perdidos, e muitos deles contêm informações importantes. Para proteger esses dados, todos os funcionários devem utilizar um PIN ou senha complexa e segura para proteger seu dispositivo. Idealmente, é necessário garantir que todos os dispositivos perdidos possam ser rastreados, bloqueados ou excluídos de forma remota. E além disso, todos os dispositivos deveriam ter seu software atualizado, já que os fabricantes costumam incluir patches de segurança para manter os equipamentos protegidos.

Utilize senhas fortes

Como mencionamos, todos os empregados deveriam utilizar a proteção de uma senha em seus dispositivos. Implementadas de forma correta, as senhas são uma forma simples, efetiva e gratuita para prevenir que usuários não autorizados acessem os dispositivos. Utilize o duplo fator de autenticação (2FA) em serviços importantes, como o e-mail ou tabelas para gerenciar contas. Isso significará que, ainda se um invasor souber sua senha, não poderá acessar o serviço.

Proteja-se do phishing e dos ataques de malware

O malware (software malicioso), é justamente um software que busca se infiltrar e causar danos em computadores, e em linhas gerais podem ser espalhados por meio de ataques de phishing, em que os atacantes enviam e-mails falsos pedindo informações sensíveis ou incluindo links para sites infectados. O primeiro passo para proteger seu negócio do malware e ataques de phishing é garantir que todos os colaboradores têm cuidado ao abrir arquivos em anexo, clicar links em e-mails ou visitar sites desconhecidos. O segundo, é verificar se seu software está atualizado e com toda proteção ativada. Por último, todas as PMEs deveriam executar uma solução antivírus e um software de detecção de invasões, capaz de determinar quando uma infecção está próxima para preveni-la.

Na ESET, oferecemos ao segmento PME o ESET Endpoint Protection Advanced Cloud. Nosso software de segurança inclui proteção contra ransomware, que maximiza a produtividade e reduz os gastos de hardware para empresas de qualquer tamanho.

Créditos da Imagem: ayahya09 @ Unsplash